...porque uma mulher é tanto mais confiante quanto mais Kgs tiver na carteira!!!

.revelações recentes

. E se eu voltasse...

. Ontem foi assim...

. Ai...

. Renovação de gerações

. Se acaso duvidas houvesse...

. Pufff

. ...

. ...

. Era só para saber...

. Segunda-feira...blechk

.revelações no funda da carteira

. Abril 2014

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

Quarta-feira, 17 de Março de 2010

Monopólio

O Monopoly faz  75 anos.

Quem não se lembra de passar dias inteiros a jogar Monopólio? Jogos que duravam e duravam... O que não lutávamos pela Rua Augusta ou pelo Rossio? O pior era quando íamos  para a prisão (sem passar pela casa de partida) e ficávamos lá uma eternidade a ver o outros jogarem? Ai ai...que saudades!!!

De facto o jogo já atravessou várias gerações e vai certamente continuar. Já joguei a ultima versão infantil com o meu sobrinho de 6 anos e era vê-lo todo entusiasmado a comprar propriedades e a "ler" as cartas da sorte.

E eu já estive mais longe de comprar a última versão (em tabuleiro claro) para grandes noitadas lá em casa!

 

 


revelado por revelacoesdeumacarteirade20kg às 18:01

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 16 de Março de 2010

Mais um fim de semana de enfardamento...

Precisa-se de dieta rigorosa. O meu estômago agradece. E o rabo também.

É que isto de passar os fins de semana a comer como se não houvesse amanhã dá mau resultado, pois dá.

 

No sábado rumei a Guimarães para ver a peça Vai-se Andando com o fantástico José Pedro Gomes e encenado pelo não menos fantástico António Feio. E claro, esta dupla nunca defrauda expectativas, foi rir até mais não.

No entanto, uma peça que está a percorrer o país devia ser um pouco mais versátil e adaptar algumas deixas à cidade ou região em que se encontram, para não estarmos em Guimarães e ouvir algo do género " quando vamos ali ao Colombo...". Até gostava de ver como vai ser quando estiverem em Vila Real no momento da deixa "ir com um cão para a praia é mais ou menos como ir com uma criança transmontana" (qualquer coisa deste género). Aqui a miúda riu-se, mas não gostou lá muito, é que o sangue transmontano corre-me nas veias.

E o que é que se fez mais em Guimarães??? Pois. Comeu-se e muito. Se vos disser que se pediu uma salada mista e uns bifinhos de porco preto grelhados com batata a murro até vos parece light. Mas não, se for em quantidades industriais. A salada era gigante (mesmo gigante) tinha tantos ingredientes que nem vos consigo descrever. E a sobremesa? Nem vos digo nem vos conto.

Tá bem, eu digo. Uma travessa gigante (mesmo gigante) com misto de bolos e gelado, tinha fatias de vários bolos e gelado "regado" com chantily. Tudo muito light, portanto.

Domingo, lembrei-me de convidar os meu pais para o lanche...e toca de inventar docinhos de massa folhada, queijinho no forno, paté de não sei quantos...enfim.

E a cereja no topo do bolo. Um aniversário ontem. Com 45 marmanjões a entrar pelo hotel dentro para um jantar surpresa para a tia aniversariante, que completou a fantástica idade de 70 anos. E em encontros familiares é ela que faz a festa, sempre. Por isso, e não só, mereceu esta festa preparada pelos irmãos e sobrinhos. Muito divertida, os estrangeiros que por lá passavam estavam cheios de vontade de se juntarem à festa, é que estávamos a festejar 70 anos de alguém, o que significaria algum recato, mas não, parecia o aniversário de alguém com 10. E o que fizemos mais? Pois. Comemos até mais não.

 

O próximo fim de semana será em Viana do Castelo, com mais um aniversário. Medo.

 


revelado por revelacoesdeumacarteirade20kg às 17:54

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 12 de Março de 2010

E porque hoje é Sexta-feira...


revelado por revelacoesdeumacarteirade20kg às 11:29

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 11 de Março de 2010

No consultório

Conversa com o meu médico depois de fazer alguns exames e concluir-se qual o meu problema.

 

Eu, para que não me restassem dúvidas fui clara na pergunta para, obviamente, ter uma resposta clara:

Eu: doutor, diga-me lá sem rodeios, isto significa que a qualquer momento posso cair para o lado e dar-me o badagaio?

Ele: ( a rir...com vontade) não, claro que não...é só chato!

Pronto...fiquei satisfeita. Ainda pensei responder: então não faz mal...se é chato coço. Mas achei que era melhor não.

 

Só acho que ele devia ser um bocadinho mais dramático e dizer: mas se não for JÁ para o ginásio pode ser grave. Não, disse-me só que tenho que me mexer, fazer umas caminhadas. 

E eu, como sou bem mandada decidi subir as escadas até ao 4º andar, todos os dias. A ver quanto tempo dura...


revelado por revelacoesdeumacarteirade20kg às 12:01

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 10 de Março de 2010

Pérolas infantis#1

Não tenho filhos, mas tenho sobrinhos e primos e delicio-me com as respostas que dão aos adultos. Tipo estas:

 

Criança de 5 anos para o pai quando descobriu que a tia é irmã  do pai:

Pai: (a rir) Então não sabias que a tia é minha irmã????

Criança: Não, não sabia. Sou criança, não sei tudo...olha, estou a aprender!!!

 

Toma vai buscar!!!

 

 

 


revelado por revelacoesdeumacarteirade20kg às 16:07

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Segunda-feira, 8 de Março de 2010

Eu podia falar nos Oscares...

Podia. Podia falar nos filmes, nos nomeados, nos vencedores, nos vestidos ( fraquinhos este ano). Mas não me apetece.

tags:

revelado por revelacoesdeumacarteirade20kg às 22:11

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 5 de Março de 2010

As coisas que acontecem num dentista...

Ontem fui ao dentista. E o que é que isso tem de interessante? Para mim nada, para vocês talvez para rejubilarem maquiavelicamente pela visão da minha tortura. No entanto aconteceu algo digno de nota.

A saber.

Depois de ter feito o check-in na recepção (já que não o faço num qualquer aeroporto, faço-o no dentista que, assim como assim, também é uma aventura embora bem menos interessante) foi-me indicada uma sala de espera alternativa já que a principal estava em obras. Ao entrar, cheia de determinação, deparo-me com uma sala exígua e com as cadeiras TODAS ocupadas pela meia dúzia de seres que ali aguardavam (im)pacientemente a sua vez. Mirei o espaço e, num segundo, verifico que para além de não ter aonde me sentar também não tinha aonde encostar o meu singelo lombo. Passada não mais de uma fracção de segundo (nem tempo me deu para pensar algo do género: "o que faço agora") e um simpático jovem, aparentando mais ou menos a minha idade, se levanta para me dar o lugar. Apresso-me a dizer, admiradíssima (para lá de admirada, portanto) "não, deixe estar" ao que ele responde "ora essa, faça favor". E eu fiz, que sou pessoa bem educada. Agradeci e sentei-me.

Ora sendo eu uma jovem de tenra idade (cof cof), e não estando grávida nem achar que aparentava (o pneuzinho estava bem camuflado nos meus jeans skinny e camiseiro justo) e visto que não pretendia galantear-me dado que abalou porta fora e só regressou quando vagou uma cadeira, enfiando de seguida o nariz nas palavras cruzadas do jornal, só me resta concluir que ainda há homens genuinamente simpáticos. E bem educados.

E pronto, era isto.

Bom fim-de-semana.

 

Adenda: Não, não era giro. Nada. Lá tive que ocupar os olhos no livro que levava comigo.

O que foi??? Lá porque uma gaja é casada não pode alegrar as vistas???


revelado por revelacoesdeumacarteirade20kg às 17:23

link do post | comentar | favorito

Porque hoje é sexta-feira...

 

 

         

 

 

         Que querem...gosto!!!


revelado por revelacoesdeumacarteirade20kg às 14:30

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 4 de Março de 2010

Profissões

Há profissões e profissões. Umas calmas outras stressantes, umas mais fascinantes que outras.

Mas há uma área que eu respeito muito, a da saúde.

Admiro imenso os profissionais da área, não aqueles que foram parar à saúde por razões alheias à vocação. Conheço muitos que se tornaram médicos por "imposição" dos pais, outros por estatuto e depois há ainda aqueles que se tornaram enfermeiros porque não conseguiram medicina e cuja frustração se repercute diariamente nos pacientes que lhes passam pelas mãos. Como disse, conheço vários destes casos, mas felizmente conheço casos de quem está na área por pura vocação.

Conheço um casal que são ambos enfermeiros no mesmo hospital, porém em serviços diferentes. Ele está na medicina interna, ela na área da oncologia, assiste a tratamentos tão violentos como a quimioterapia. A área dela é tão desgastante psicologicamente que até têm direito a mais 3 dias de férias por ano. Conta-me que muitas vezes tem que fazer um esforço sobre-humano para evitar as lágrimas, diz que não tem direito de chorar, tem sim o dever de tornar aqueles dolorosos momentos menos duros para cada doente, diverte-os e brinca com eles, e eles gostam. Embora os doentes não estejam internados deslocam-se à unidade diariamente para as suas sessões de tratamentos, são como uma família, sabe  a vida de cada paciente que lhe passa pelas mãos, e quando perdem um doente, perdem um amigo um familiar.

No entanto são, provavelmente, o casal mais bem disposto que conheço. Sempre de bem com a vida e com um sentido de humor admirável. E são-no simplesmente porque amam aquilo que fazem. E, talvez, porque lidam diariamente com a fragilidade humana, sabem o quão ténue pode ser a vida e por isso vivem a deles com simplicidade e intensidade.

Quando ouvimos conversas entre profissionais de saúde ficamos chocados com a "frieza" com que se referem a assuntos relacionados com a profissão. Percebi, em convivência com eles, que não é frieza é simplesmente a forma ligth com que aprenderam a lidar com situações limite e continuarem com a força de sempre que é aquilo que precisamos deles.

No outro dia o meu médico perguntava-me, a propósito de um "sermão" que levei anti-tabaco mesmo depois de lhe dizer que não fumava, se eu imaginava o que era ter que dizer a um paciente que não teria mais de 6 meses de vida. De facto não imagino. A propósito do mesmo assunto, assisti a esta espécie de discussão entre esse casal de enfermeiros, num jantar nesta semana para lá de divertido:

 

Ela: devias era deixar de fumar, até parece que não vês o que acontece, nem imaginas a diversidade de doenças que isso traz

Ele: não, se calhar não vejo lá

Ela: não deves ver não

Ele: olha vejo-os a morrer e tu não

Ela: pois vês, vês morrer e pronto, acabou, mas olha eu vejo-os a morrer ao bocadinhos

Riem-se

Ela para nós: pronto, as nossas conversas são assim.

 

Existem, naturalmente, muitas profissões igualmente admiraveis, mas apeteceu-me falar desta.

 


revelado por revelacoesdeumacarteirade20kg às 10:24

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 2 de Março de 2010

Sinais de Fogo...

Foi a ver o novo programa de Miguel Sousa Tavares, o Sinais de Fogo , que degustei o meu jantar de ontem. E que bem disposta eu fiquei. Então não é que os meninos estão a começar a ficar melindrados com com as capacidades intelectuais das meninas??? Pois é, diz que sim.

O assunto foi suportado por uma reportagem que, entre outros dados, nos indicava que em 2009, 53.4% dos inscritos nas universidades nacionais eram mulheres assim como o domínio dos licenciados nesse ano era feminino representando 59.6% dos licenciados.

E isto, minhas amigas, mete-lhes medo, ao ponto de já se pedirem quotas de entrada nas faculdades a favor deles. Não tarda é vê-los com revoluções a exigirem a igualdade de direitos.

E têm medo porquê? Porque foi necessário chegar ao séc. XXI para perceberem que a mulher tem tanta ou mais capacidade intelectual que os homens.

Miguel Sousa Tavares está preocupado porque, como está provado cientificamente, em idades entre os 16 e os 22 anos as mulheres  são mais desenvolvidas intelectualmente que os homens, e estes vão ficando "para trás" no momento das entradas para as faculdades.

Mas meus senhores, digo eu que não há motivo para preocupação, pois os cargos de "destaque" continuam destinados ao sexo masculino. Se não reparem se a grande maioria dos altos cargos directivos não usa gravata!

 

 


revelado por revelacoesdeumacarteirade20kg às 12:14

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds