...porque uma mulher é tanto mais confiante quanto mais Kgs tiver na carteira!!!

.revelações recentes

. E se eu voltasse...

. Ontem foi assim...

. Ai...

. Renovação de gerações

. Se acaso duvidas houvesse...

. Pufff

. ...

. ...

. Era só para saber...

. Segunda-feira...blechk

.revelações no funda da carteira

. Abril 2014

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

Quinta-feira, 25 de Março de 2010

Eu e os nomes...

Tenho uma memória de periquito. Quem me conhece já o sabe. Vivo, portanto, rodeada de agendas, bloquinhos e os maravilhosos dos post-its.

Esqueço-me facilmente de coisas que tenho para fazer, tanto em casa como no escritório e até pelo caminho (já mudei de casa há 2 anos e meio, no entanto, ainda hoje me acontece de no regresso a casa ir a caminho da antiga - a sorte é que não é longe). Chego ao cumulo de levar um post-it para o almoço semanal com a amiga A. para que nenhum assunto fique por discutir. Mas neste ponto tenho uma desculpa - uma hora é muito pouco para duas tagarelas como nós que têm que esmiuçar todo e qualquer assunto até ao seu infimo pormenor. E os assuntos são mais do que muitos. Sempre!

Mas a minha principal "guerra" nisto dos esquecimentos é com os nomes. É recorrente, em conversas com colegas dos tempos de escola e até da faculdade, me perguntarem: Lembras-te do fulano tal? a resposta é sempre a mesma. - Não! (Mas se me descreverem o tal fulano, quase de certeza que chego lá, porque como nem tudo é mau, a minha memória visual é boa). E isso torna-se evidente quando, finalmente, cedo a tanta solicitação e me registo no facebook e me dedico a explorá-lo na tentativa de descobrir o porquê de tanto alarido à volta dele - ah e tal até podes procurar amigos a quem lhe perdeste o rasto. E não descubro. Pois. Não me lembro dos nomes das pessoas que já não vejo há algum tempo.

Mas há uma coisa que dificilmente me esqueço. Datas. Tenho todos os anivesários das pessoas de quem gosto no telemóvel...mas não preciso, lembro-me sempre (até do das pessoas que não gosto).

Vai-se lá entender a mente humana!

 

 

 

 


revelado por revelacoesdeumacarteirade20kg às 18:10

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.tags

. todas as tags

.links

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds